Exarcado

No mês de dezembro de 1981 tiveram início as atividades do Exarcado Apostólico Armênio da América Latina. Há muito tempo as Comunidades armênias católicas do Brasil, Argentina e Uruguai desejavam ter um Bispo próprio. Vários pedidos foram apresentados a Sua Beatitude, o Catolicós Patriarca que enviou dois visitadores patriarcais, S. E. Dom Cirilo Zorabian e Dom Krikor Laekian.

Finalmente no dia 3 de julho de 1981 SS. João Paulo II criou o Exarcado e nomeou primeiro Bispo Exarca Dom Vartan Waldir Boghossian que foi ordenado na catedral armênia de Buenos Aires, sede internacional do Exarcado.

Em 1989, a Argentina se tornou uma Eparquia (diocese) à parte, separando-se do restante da América Latina, mas tendo também Dom Vartan como bispo. Com a criação da nova Eparquia, o Exarcado ficou sem uma sede própria. Mas a paróquia brasileira se tornou um local de referência, embora não oficialmente. Em 22 de novembro de 2015, o prefeito da Congregação para as Igrejas Orientais, Cardeal Leonardo Sandri, emitiu um decreto constituindo a sede do Exarcado na capital paulista.

O Exarcado Armênio possui comunidades no México, Venezuela, Brasil, Uruguai e Chile. Estima-se que na América Latina haja 30 mil fiéis católicos armênios, sendo 16 mil na eparquia Argentina e os 14 mil restantes no Exarcado Apostólico da América Latina. Destes, 7 mil vivem no Brasil, concentrados especialmente nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.

Bula papal de criação do Exarcado, original em latim.

Congregação para as Igrejas Orientais, como do venerável irmão Hemaiag Pedro XVII, Patriarca de Cilícia dos Armênios, e do seu Sínodo, bem como, ainda, de quaisquer interessados, Nós, após a devida ponderação, com o supremo poder que nos compete, instituímos o Exarcado Apostólico para os fiéis de rito armênio, residentes em todas as partes da América Latina e dos Estados Unidos Mexicanos. Aconselhamos que sejam eleitos como Consultores Exarcais aqueles que, juntamente com o Conselheiro, possam prestar assistência ao Prelado, na administração dos negócios. Constituirão a mesa exarcal as contribuições espontâneas dos fiéis ou os tributos das paróquias ou das rendas que, com o tempo, foram adquiridas pelo Exarcado além dos subsídios concedidos pela Congregação para as Igrejas Orientais e pela Administração do Patriarcado, no início.

 Quanto aos adolescentes que por desígnio de Deus sentirem vocação para o sacerdócio, determinamos que sejam enviados ao Seminário Menor armênio a ser erigido pra receberem a devida formação e para serem iniciados no sacerdócio.

Desejamos que a presente Constituição tenha vigor no presente e no futuro, nada obstando em contrário. Dado em Roma, junto de São Pedro, em 3 de julho de 1981, terceiro ano do nosso Pontificado. (Assinado) Cardeal Agostinho Casaroli, de Relações Públicas da Igreja, Marcello Rossetti, Protonotário Apostólico e a chancela do Papa João Paulo II.”

História da criação do Exarcado:

1º Bispo do Exarcado

Dom Vartan nasceu aos 27/02/1940 em Penápolis – SP. Filho de Ardaches Boghossian e de Olga Scudeller Boghossian; é o segundo de seis irmãos. Como membro da Congregação Salesiana, cursou os estudos secundários e filosóficos em Campo Grande – MS; no Instituto Internacional Salesiano em Roma, estudou a teologia, onde foi ordenado sacerdote aos 26/12/1966.

Biografia de D. Vartan Valdir Boghossian

Acompanhe nosso Facebook

Av. Tiradentes 718, São Paulo – SP, Brasil

(11) 3227-6703 | E-mail: contato@paroquiaarmenia.org.br