Dar o dízimo é reconhecer que tudo aquilo que nós temos vem do Senhor. Significa devolver uma pequena parte de tudo aquilo que Deus derrama nas nossas vidas. Quando temos um coração grato, certamente damos com alegria.

O dinheiro não é uma coisa má: é neutra, ou seja, com ele podemos fazer coisas boas ou más. Se nós amamos o dinheiro, certamente não amamos a Deus. Assim, quando somos capazes de entregar para Deus parte do nosso dinheiro, estamos confiando n’Ele e quebrando o poder do dinheiro nas nossas vidas.

Dízimo e Oferta na Bíblia

O que significa dízimo?

Dízimo significa “décima parte”. Os judeus davam a décima parte de seu rendimento a Deus. Se fosse no Brasil, significa que por cada 10 reais que a pessoa recebia no salário, daria 1 real a Deus. Se ganhasse 1000 reais, daria 100 mas se só ganhasse 10, daria 1.

No tempo do Velho Testamento as pessoas viviam principalmente da agricultura. Não havia muito dinheiro e as transações eram feitas trocando um produto por outro. Por isso, os dízimos eram principalmente dados em produtos agrícolas, como ovelhas, farinha e azeite (2 Crônicas 31:5). Quem não podia transportar os produtos para o templo podia vendê-los e entregar o dinheiro.

“Todos os dízimos da terra – seja dos cereais, seja das frutas – pertencem ao Senhor; são consagrados ao Senhor. Se um homem desejar resgatar parte do seu dízi­mo, terá que acrescentar um quinto ao seu va­lor. O dízimo dos seus rebanhos, um de cada dez animais que passem debaixo da vara do pastor, será consagrado ao Senhor.
Levítico 27:30-32

Av. Tiradentes 718, São Paulo – SP, Brasil

(11) 3227-6703 | E-mail: contato@paroquiaarmenia.org.br